Psicoterapia

 

A Psicoterapia Holística, agora com a sigla PH, é muito próxima da Psicologia Integrativa, considerada a 5ª Força e a Psicologia Transpessoal, considerada a 4ª Força.

A PH trabalha nos dois expoentes humanos da projeção vibracional, a projeção interna e a projeção externa vibracional, ambas as projeções são resultado da manifestação do todo humano, manifestação do físico, emocional, mental e sutil.

A palavra psicossomática foi cunhada no início do século XIX, 1818, pelo psiquiatra alemão J. Heinroth (1773 – 1843), a partir da junção dos termos psyché e soma, respectivamente significando, mente (espírito) e corpo. A palavra foi utilizada para definir os distúrbios físicos não passíveis de verificação orgânica e aparentemente causados por origem psicológica.

Ganhou força no século XX, com o advento da psicanálise, onde Freud (1856 – 1939), lançou luz sobre a relação mente e corpo, e Felix Deutsch, um de seus discípulos, no início da década de 20, promoveu a idéia de uma Medicina Psicossomática como uma prática promotora de saúde através da integração entre o corpo e os processos mentais.
Posteriormente Helen Dunbar, lança o clássico “As emoções e as alterações no corpo”.
Na década de 40, foi lançada a primeira revista a tratar do tema com o nome de Medicina Psicossomática e que ao longo de décadas de existência, veio apresentando o progresso nas pesquisas bioquímicas e psiconeuroimunológicas da relação mente-corpo. Em seu primeiro número, deu a definição de que a Psicossomática tem por objeto estudar, na sua interação, os aspectos psicológicos e fisiológicos de todas as funções, em estado normal ou mórbido, associando assim a psicoterapia à terapêutica somática.
Os princípios da Psicossomática baseiam-se no fato de que todos os acontecimentos da vida sejam eles considerados positivos ou negativos, têm suas manifestações apresentadas tanto no corpo quanto na mente, sendo respectivamente sintomas físicos e sentimentos e emoções. A psicossomática visa exatamente dar base ao olhar do terapeuta para esta rede de sintomas, por vezes bem clara, por outra sutil, proporcionando uma avaliação terapêutica adequada para uma posterior construções de uma recomendação terapêutica.

A psicossomática não é uma especialidade médica, mas sim, um olhar, uma postura, uma atitude do profissional do ramo de saúde que não tem como objeto central à doença, mas o ser adoentado, o concebendo como um todo biopsicossocial e para tanto, todo um procedimento pautado na visão holística para trata-lo.

O avanço no conhecimento da psicossomática só foi possível a partir das interações de várias disciplinas no que tange o suporte para as pesquisas.

Hoje mais do que comprovado está, por exemplo, que o stress pode aumentar ou diminuir a capacidade de nosso sistema imunológico como apontado nas pesquisas de Bechter ou que a meditação tem a capacidade de reorganizar a dinâmica cerebral, como apontado nas pesquisas de Richard Davidson.

Uma vez inibido uma satisfação, seja da ordem instintiva ou vegetativa, por conta de uma situação social criada, estabelece-se um conflito interno que gera uma tensão emocional (angústia, por exemplo neste caso) ocasionando sintomas também a nível do soma (corpo) como taquicardia por exemplo, que embora tenha sido produzida a partir de uma elaboração mental, pode levar o indivíduo a pensar em estar tendo um ataque cardíaco, o que o leva a aumentar a tensão emocional e assim segue o processo que se apresenta no quadro em duas vias por conta da possibilidade de remissão caso seja feito o caminho contrário (no caso superando as barreiras que inibem a satisfação. 

 

 

Os Problemas Psicológicos e as Tearpias estão separadas para distinguir os dois tipos:


Problemas

Agorafobia

Agressividade

Álcool

Angústia

Ansiedade

Apatia

Bocejos

Bulimia

Cancro

Cefaleias

Claustrofobia

Cólera

Compulsões

Conflitos

Criticas

Culpabilidade

 Decepções

Depressão

Desvalorização de si mesmo

Dificuldades conjugais

Dificuldades de comunicação

Dificuldades de concentração

 


Terapias

Afirmação de si mesmo

Auto‑análise

Auto‑hipnose

Auto‑sugestão

Balanço pessoal

Bioenergia

"Biofeedback" (ou retroacção biológica)

Boas e más notas

Bons propósitos

Canto

Comportamento incompatível

Controle dos estímulos

Cores

Deslocação do sintoma

Dessensibilização imaginada

Dessensibilização sistemática

Determinação dos objectivos

Diário íntimo

Dinâmica mental

Ensaio de comportamentos

Escola de Palo Alto

 

 

Miriam Pipari

E-mail: infoholistico@gmail.com

Whatsapp: 71 8166-6996

Formada em Naturopatia, pela Universidade Internacional de Ensino Livre, Terapeuta Holístico, Pelo Instituto Escola em Terapia Holistica, e Holoterapeuta e Cromoterapeuta pelo Instituto Antonio Vieira.

Profissão Cromoterapeuta, Auriculoterpeuta, Técnicas em Medicina Orientais, Técnica de Psicoterapia, Mestre em Reike, e Personal-trainer de Pilates.

Espaço de Medicina Holística Alternativa, fica situado em Salvador

 

Registro CRTH 0451

Abrath Nacional