Cromoterapia

 

É a técnica de tratamento por meio das cores. Acredita-se que a cromoterapia já fosse praticada pelos antigos sacerdotes médi­cos do Tibete e do Egito. Hoje é estudada cientificamente e apli­cada nas clínicas e centros na turistas e de medicina ocultista. Seus efeitos são explicados através de duas teorias básicas: a pri­meira, mais antiga, afirma que as cores produzem modificações do campo áurico humano e determinam alterações emocionais, funcionais e metabólicas. A segunda, e mais atual, afirma que o efeito da cromoterapia deve-se a fatores neuro-endócrinos, pois a simples visualização das cores determinaria estímulos cerebrais nos centros sensoriais que, agindo no eixo hipotálamo-hipofisário, resultariam em modificações no metabolismo através de urna complexa e sutil ação endócrina. Cada cor, por seu turno, teria um efeito diverso e agiria em funções e órgãos diferentes. De qualquer forma, parece que as duas teorias estão corretas, pois as duas ações parecem ocorrer.

A técnica consiste mais comumente na projeção de fachos de luzes coloridas sobre o corpo inteiro. Também podem ser usados vidros coloridos colocados sob a luz solar e sobre a pessoa a ser tratada. Sabe-se, porém, que mesmo as cores das roupas influen­ciam o organismo. Isto realça a importância da seleção da cor das roupas a serem usadas, das cores das paredes da casa etc. Na prática da cromoterapia em que se utilizam fachos luminosos, as cores são escolhidas e aplicadas segundo um critério apro­priado. Podem ser usadas uma ou mais cores numa seção e es­tabelecido um tempo determinado para cada projeção.

Aconselhamos a utilização de luzes coloridas com a cor indi­cada e o uso de trajes da mesma cor. O tempo de exposição luminosa é de cerca de 20 minutos diários e o uso das roupas é indeterrninado, podendo ser constante.

torna-se necessário termos uma noção mínima, do insuspeitado mundo de luz/energia, que está acobertado pela nossa modesta e carente capacidade de discernimento e visão.

Termina por ser absolutamente indispensável, o conhecimento definido dos fatores espirituais, físicos e mentais, determinantes de toda movimentação energética, que sustenta a existência do indivíduo na sua passagem como ser vivo deste Planeta, embora não tenhamos dúvidas, de estarmos abrindo uma pequenina ponta do "grande véu", ainda incipiente, mas que poderá ser um outro passo para o grande mistério da saúde humana.

Com efeito, mais de uma dezena de fatores diversos, enumera- dos daqui para frente, poderão nos dar um incrível espectro dos sis- temas integrados, entre si, que terminam por serem interpretados, simplesmente, como o que chamamos de "doença", tanto no corpo material como no corpo perispiritual.

A visão desses fatores pode ser classificada em três planos distintos, como passaremos a declinar, obedecendo a seguinte ordem:

 

1º NÍVEL - ESPIRITUAL


2º NÍVEL - ENERGÉTICO


3º NÍVEL - FÍSICO/ORGÂNICO


Cada um desses planos, responde por um grupo de fatores, que sempre estará relacionado com toda e qualquer atividade, seja no seu próprio espaço vibratório ou, nos outros dois do sistema global, já que embora distintos, eles se completam e se ajustam num mesmo projeto de realização e sobrevivência.

Atualmente se verifica a cor de ambientes mais adequados para estudos, trabalhos, hospitais, crianças, etc. A cromoterapia, através de suas cores energéticas, re estabiliza o equilíbrio, propiciando a cura.

No tratamento cromoterápico, podemos utilizar várias técnicas como fonte de equilíbrio ou harmonização, como luz do espectro solar, lâmpadas coloridas, alimentação natural, mentalização das cores e ainda contato com a natureza.

Entretanto, estes alimentos contêm uma ou mais dessas substâncias em quantidades variáveis o que pode ser evidenciado, segundo alguns pesquisadores pelas cores apresentadas por eles.

Através da cromoterapia descobriu-se a influência  das cores no corpo humano. Verificou-se que cada cor característica do alimento, está associada tipos de substâncias, os fito nutrientes estando ele indicado para funções específicas. É por isso que necessitamos de uma dieta variada e colorida.

Você deve estar se perguntando: O que são chacras? Os chacras são centros de energia que alimentam o nosso corpo, tanto o físico como o sutil, de energia pura(prana). Esta energia nos é fornecida através da alimentação e da respiração.
Existem vários chacras latentes em nosso corpo. Os principais são sete: básico, sacro, solar, cardíaco, laríngeo, frontal e coroa. Cada um deles é responsável pela nutrição de partes específicas do nosso corpo.
Portanto, se um chacra está recebendo pouca energia, não está nutrindo a região do corpo legado à ele. E, por outro lado, se está recebendo muita energia, está sobrecarregado a religião que ele comanda.
A análise dos chacras nos permite detectar um desequilíbrio, antes que ele se manifeste no corpo físico. Um tratamento cromoterápico faz uma limpeza no campo energético do se humano, evitando, com isto, o aparecimento de doenças e mantendo a saúde.

CROMOTERAPIA
Todos nós sabemos que a cor nos influencia diretamente. Quem não tem uma cor favorita? - Por mais que queiramos optar por outra cor, sempre acabamos escolhendo a mesma. Este fato está ligado a influência da vibração das cores em nosso corpo e em nosso estado de humor. Quando não gostamos de determinada cor, é porque a vibração dela nos incomoda e, talvez, nos faça tomar contato com nosso lado escuro, aquele que não gostamos de mostrar. Normalmente é a cor que mais necessitamos.
Muitas pessoas, ligam a cromoterapia à religião espírita, isto porque, vários autores de livros sobre cromoterapia, são espíritas, mas, este é só um campo em que a cromoterapia atua. A minha visão da cromoterapia, é mais técnica, procurando afastá-la da religião, para que qualquer pessoa de qualquer religião possa usá-la, pois estaremos trabalhando a harmonização e o equilíbrio do ser humano. Veremos que o uso das cores em pessoas com desequilíbrios físicos e emocionais acelera o seu restabelecimento, o tratamento cromoterápico, auxilia no combate as doenças, fazendo com que o tempo de tratamento seja reduzido.
Atenção: A cromoterapia, não faz curas miraculosas, nem dispensa o tratamento médico e os seus remédios, ela atua com complemento, ajudando o ser humano a se conhecer, a “ouvir” o seu corpo e a se reequilibrar.
A técnica da cromoterapia já era usada no antigo Egito, e é usada até os nossos dias na Índia e nos fundamentos da Medicina Chinesa.
Ela atua também como prevenção, partindo do princípio que diz: “Em corpo equilibrado, a doença não aparece.”
A aplicação correta das cores, está baseada em um estudo do cliente e, só após, as cores são aplicadas, variando o tempo de exposição de acordo com a necessidade de cada um, pois cada ser humano reage de maneira diferente a exposição de determinada cor.
A cromoterapia se baseia nas sete cores do arco-íris(vermelho, laranja, amarelo, verde, azul, índigo e violeta), para atingir o seu objetivo, existem cinco cores (verde-limão, turquesa, púrpura, magenta e escarlate), usadas para tratamentos específicos. Várias são as técnicas de aplicação, tais como: mentalização, cromopuntura e banhos de luz.

 

 

 

Alguns exemplos da relação existente entre os sentimentos, suas irradiações em cores, e desequilíbrios energéticos:

  • A ira e a cólera, indicadas na aura pela cor vermelho-escura, causam apoplexia (afecção cerebral com privação dos sentidos e do movimento);
  • A ambição desenfreada dá a aura um alaranjado sem brilho e provoca reumatismo;
  • O orgulho que colore a aura de alaranjado-pardo, origina a artrite;
  • A cobiça e a inveja conferem à aura uma tonalidade verde-escura com pontos negros e ocasionam o excesso de ácido úrico;
  • A falta de entusiasmo e de interesse, manifesta-se na aura por uma cor cinza-escura, gera depressões e doenças da pele;
  • A falta de idéias se faz representar por um tom vermelho-violeta sem brilho, expressando-se em forma de melancolia e tristeza, causa de problemas respiratórios.
O EQULÍBRIO ENERGÉTICO PELA COR

Os desequilíbrios energéticos podem ser classificados em dois grupos:

  1. OS DE ORIGEM FÍSICA – infecciosas ou induzidas por um meio ambiente contaminado;
  2. OS DE ORIGEM METAFÍSICA – que derivam da consciência do indivíduo, da sua conduta emocional e atitude mental.

A cor pode aliviar ambas as classes de desequilíbrios energéticos, não como substituta dos remédios, mas com o poder original da luz que trabalha em todos os níveis do ser como a mais potente força cósmica. Em qualquer caso, o que se faz é aplicar uma radiação de cor que, se realmente corresponder ao estado patológico resultará na melhora do cliente.

Os métodos de diagnóstico podem ser físicos ou metafísicos. Os primeiros observam os sintomas e os segundos as causas, radicadas na aura (ou atmosfera magnética) do indivíduo, por intermédio de um Terapeuta experiente ou da “lâmpada ardente” (uma técnica especial e uma tanto complexa). Através desses métodos, procura-se descobrir as cores que faltam num determinado corpo e como promover seu equilíbrio, eliminando assim a disfunção. Nesse sentido, verificam-se os hábitos, os humores e reações do cliente.

O hindu Jwala P. Munsiff descobriu, após inúmeras experiências, que o diagnóstico da cor que falta a um indivíduo pode ser feito por meio de exame das cores do globo ocular, unhas, urinas e fezes. Às vezes a cor dos olhos pode falsear o diagnóstico, porém, as cores dos outros três elementos dão a indicação correta, desfazendo as dúvidas que possam aparecer.

Detectada o desequilíbrio energético ou a deficiência da quantidade de brilho solar no organismo, ela será suprida através da inalação, introdução ou projeção dos tons necessários. Como métodos físicos podemos citar os seguintes:

Um quarto giratório que acompanha a luz do sol durante todo o dia. Através de véus da cor necessária, colocada sobre a parede transparente do quarto, o cliente recebe a irradiação correta a qualquer hora do dia e em qualquer ângulo;

De forma semelhante, pode-se usar véus coloridos nas janelas da casa onde bate a luz do sol; O cliente pode ter o corpo todo envolvido por véus coloridos para receber os raios de sol;      Para alguns tipos de enfermidades, como paralisia, são usados sacos feitos com duas medidas de algodão e uma de sal. Os sacos de sal carregam-se de cor ao ficarem expostos à radiação da luz solar ou de uma lâmpada, durante uma hora antes de serem usados;

Uma das maneiras mais eficazes de se restaurar o equilíbrio da cor em um organismo é através da alimentação. As frutas, os vegetais e os cereais recebem a maior parte de sua energia diretamente da luz do sol e do magnetismo da terra, em diferentes graus de acordo com suas qualidades naturais. Por exemplo: a ação do raio laranja poderá ser ativada por uma alimentação que incluam vegetais e frutas de casca alaranjada, tais como a tangerina, melão, manga, pêssego, cenoura, abóbora, etc.;

A água solarizada, método criado pelo Dr. Babbit – autor de Os princípios da luz e da cor – consiste em beber a água depois de exposta à luz do sol em frasco colorido. O frasco deve ficar em exposição ao sol no período da manhã, até às 10 horas, no máximo. Mesmo que o tempo esteja nublado, a água solariza assim mesmo.

Hoje utilizamos também o óleo canforado, sofrendo este mesmo processo de solarização em frascos coloridos, para dores musculares, cólicas, etc.;

A lâmpada terapêutica de cor ou luz solar artificial é muito utilizada em clínicas, lugares sem sol e durante a noite. Constitui o tratamento mais comum na cromoterapia. Quanto aos métodos metafísicos, deve-se destacar:

  • A respiração pela cor – consiste em inspirar visualizando a cor, projetando-a para dentro do corpo e mentalizando seus benefícios;
  • As irradiações mentalizadas – aqui o Terapeuta Holístico faz idênticas radiações de cor sem se servir de nenhum aparato externo, mas apenas de seus próprios veículos superiores, como a utilização do calor das mãos, a mentalização e a introspecção.
Combinazione vincente 468x60

Miriam Pipari

E-mail: infoholistico@gmail.com

Whatsapp: 71 8166-6996

Formada em Naturopatia, pela Universidade Internacional de Ensino Livre, Terapeuta Holístico, Pelo Instituto Escola em Terapia Holistica, e Holoterapeuta e Cromoterapeuta pelo Instituto Antonio Vieira.

Profissão Cromoterapeuta, Auriculoterpeuta, Técnicas em Medicina Orientais, Técnica de Psicoterapia, Mestre em Reike, e Personal-trainer de Pilates.

Espaço de Medicina Holística Alternativa, fica situado em Salvador

 

Registro CRTH 0451

Abrath Nacional