Aplicação Das Cores

 

As cores podem ser:

 Estimulantes: vermelho, alaranjado e amarelo.

Calmantes: índigo, azul e violeta.

Equilibrantes: verde

Cores primárias: vermelho, verde, e azul. Cores complementares: magenta, índigo e amarelo.

Branco: síntese

 

Vermelho

O vermelho atua no sistema nervoso autônomo simpático, estimulando-o. É a cor da atividade física. É altamente excitante, energético e revigorante. É a cor da sensualidade. Representa o tempo presente.

Estimula a combatividade. Nas glândulas supra-renais, favorece a liberação de adrenalina, nas glândulas sexuais, os hormônios que conduzem ao excitamento. Eleva a pressão sanguínea, os movimentos respiratórios, os batimentos cardíacos. Estimula a produção de glóbulos vermelhos no sangue. Dilata os vasos, favorece a eliminação de edemas. Sua nota musical é o , isto é, quando um instrumento emite uma nota , produz uma vibração de cor vermelha.

Utilização terapêutica do vermelho

É utilizado terapeuticamente nos seguintes casos anemia; paralisia; inflamação das articulações; pressão baixa; depressão; - reumatismo.

Efeitos Físicos: Abastecem o corpo físico com energia e vitalidade, especialmente as funções restauradoras do corpo. Prende-nos à vida e nos ajuda a sobreviver. O tratamento com vermelho aquece e a produção de adrenalina. É bom contra a anemia, pressão baixa e perda de vitalidade; dores de cabeça devidas a congestionamentos, intestino preguiçoso, baixa libido; dissipa a letargia, a inércia e o cansaço, assim como gripes e resfriados crônicos. (Por ser tão atuante, o vermelho é a cor mais poderosa de todas e precisa ser usado com parcimônia no processo terapêutico, sendo evitado em casos de pressão alta.) Tem ação expansiva.

Contra-indicações

É contra-indicado para as pessoas: idosas e frágeis; recém-nascidas; com pressão alta; sanguíneas; com inflamações acompanhadas de febre; violentas; agitadas; com insônia.

O vermelho e a psique:  As pessoas que gostam do vermelho são as que lutam para obter sucesso. Promovem ou são capazes de promover as revoluções. Gostam de viver a vida de forma intensa, plena. São ativas e laboriosas. Gostam de esportes, de competições. São produtivas e empreendedoras. Simbolicamente, o vermelho corresponde à vitória nas conquistas, à masculinidade, ao temperamento ardente.

A pessoa que rejeita o vermelho demonstra que está esgotada, provavelmente se encontra em estado de superestimulação, à beira de um estresse ou apresentando alguma insuficiência cardíaca (o que deve ser confirmado por uma visita a um cardiologista). Mostra-se facilmente irritável, talvez em conseqüência de extremo cansaço físico, insuficiência cardíaca ou problemas quase insolúveis. Quando ele aparece na aura e é claro e brilhante, denota o líder capaz de arriscar a própria vida pela causa que o apaixone, seja de cunho social ou espiritual.

O vermelho escuro e opaco demonstra pessoas maldosas e inferior, agressiva, explosiva. Quando alguém se deixa dominar por um acesso de raiva, sua aura se tinge de um vermelho intenso, que emite raios em todas as direções e pode causar sérios danos às pessoas a seu redor. Lesam principalmente a aura de crianças, provocando febres aparentemente sem causa, gerando mal-estar e dor de cabeça. Obviamente, o principal agredido é o próprio intemperante que pode sofrer ataques de apoplexia ou falência do pâncreas, causa de diabetes súbito. Visualizar um triângulo desta cor entre as sobrancelhas constitui exercício para estimular a clarividência.

O vermelho na decoração e nas vestes

Deve-se ter cuidado na utilização de cortinas, almofadas, colchas, lençóis e enfeites de cor vermelha, por pessoas que estejam incluídas em algum item das contra-indicações desta cor. O mesmo se adverte em relação ao vestuário. Deve-se evitar o vermelho quando se for visitar algum enfermo que tenha sofrido um derrame cerebral ou que seja um paciente psiquiátrico agitado.

O vermelho nas vestes sempre será um fator de agitação e estímulo a tendências agressivas, próprias e alheias.

 

Alaranjado

O alaranjado atua no sistema nervoso autônomo simpático, estimulando-o um pouco menos do que o vermelho. Estimula, ainda, a função de todas as glândulas endócrinas, especialmente as glândulas do sistema reprodutor – testículos nos homens e ovários na mulher – e as supra-renais.

É uma cor vitalizante para todo o corpo. Sua nota musical é o .

Utilização terapêutica do alaranjado.

É aconselhável nos casos de: apatia devido a grandes traumas no campo dos sentimento; preguiça funcional das glândulas endócrinas.

Por ser uma das cores que vitalizam as supra-renais, é indicado em todos os processos que requeiram desinflamação com erradicação de edemas:

artrites; reumatismo; torceduras de qualquer região dos membros (pés, braços, punhos, joelhos); bursites; obesidade.

Contra-indicações

É contra-indicado para pessoas: extremamente emotivas; com insônia.

O alaranjado e a psique

As pessoas atraídas pelo alaranjado são cheias de entusiasmo pela vida, idealistas e dinâmicas. São altamente interessadas nos movimentos em favor das mudanças sociais que visam maior justiça e amparo para os desprotegidos. São sensuais e orgulhosas, mas este orgulho surge em decorrência de qualidades positivas conquistadas e não de aquisição de status na sociedade.

Quando é claro e luminoso na aura, o alaranjado revela um ser evoluído e empenhado em promover mudanças que beneficia a humanidade. Quando é escuro e embaçado, revela orgulho discriminador e infantil.

O alaranjado na decoração e nas vestes

É uma cor que desperta e estimula. Deve ser evitado em quartos de dormir e na roupas de cama, pois dificulta o sono. Em tonalidades mais claras, é benéfico nas salas de refeição, pois favorece a digestão e a assimilação dos alimentos.

 

Amarelo

O amarelo é a cor do futuro e da alegria. É uma cor mais sugestiva do que estimulante. Atua nos sistemas nervoso central e autônomo simpático, vitaliza os neurônios cerebrais, favorecendo o raciocínio e a memória. Combate à preguiça funcional dos órgãos internos.

Vitaliza o coração e todo o sistema circulatório. Atua na glândula timo, favorecendo a formação de glóbulos sanguíneos destinados à defesa imunológica do organismo. Estimula o fígado e os movimentos peristálticos dos intestinos através do sistema nervoso autônomo parassimpático. Sua nota musical é o mi.

Utilização terapêutica do amarelo

É utilizado terapeuticamente para: combater a depressão, tristeza, angústia, pois levanta o animo; estimula as funções da glândula timo, prevenindo infecções; ativar a memória; combater a irritação dos brônquios; estimular as funções hepáticas; tratar a debilidade mental; auxilia o raciocínio.

Efeitos Físicos: Um centro importante de todo o sistema nervoso, é um bom tratamento contra a exaustão nervosa. Também controla o processo digestivo; isso significa que tem influência sobre as funções eliminadoras do fígado e dos intestinos; portanto, é um excelente purificador de todo o organismo e especialmente da pele. Assim como problemas de pele, indigestão, constipação e problemas no fígado, o amarelo é bom contra diabetes. Também pode ser usado em casos de hérnia, reumatismo e artrite. Diz-se também que ajuda a restaurar o nível de absorções.

Contra-indicações

É contra-indicado em caso de: diarréia; insônia; delírio; demência; pessoas extremamente nervosas.

O amarelo e a psique

O efeito do amarelo é traduzido em alegria. É uma cor que facilita a concentração e a resolução dos problemas. O amarelo traz felicidade e esperança no futuro. A preferência pelo amarelo indica pessoa trabalhadeira, mas um tanto instável em suas atividades. É alguém que deseja liberdade e espera um futuro mais feliz.

O amarelo impulsiona para novas conquistas, seja em nível material ou nível espiritual. Estimula a criatividade para coisas novas, pioneiras. A pessoa quando rejeita o amarelo, suas esperanças foram frustradas e ela se acha mergulhada no vazio, sentindo-se separadas dos demais. Tal pessoa pode apresentar comportamento irascível, desanimado e desconfiado.

O amarelo na decoração e nas vestes

É a cor ideal para as paredes das empresas onde são tomadas decisões importantes, porque aí é necessário manter-se em estado de alerta e lucidez intelectual. As salas de aulas, se pintadas de amarelo, facilitam a atenção e o aprendizado dos alunos. Essa cor é aconselhável também para capas de cadernos e forração de fórmica das carteiras escolares. Como se trata de uma cor estimulante da atividade mental, deve ser compensada por corredores pintados de verde. Não devemos usar o amarelo tanto em roupas de cama como em roupas para dormir, já que uma das contra-indicações do amarelo é a insônia. Quando nos sentimos desanimados e desesperançados, usamos uma blusa amarela. Assim estaremos recebendo vibrações de alegria e esperança no futuro. Para que as reuniões sejam alegres e festivas, o ideal é usar o amarelo na decoração do ambiente. Nada melhor para levantar o ânimo de alguém abatido do que lhe oferecer um buquê de rosas amarelas.

 

Verde

Depois do azul do céu é o verde a cor mais encontrada na natureza. O verde, em todos os seus matizes, tem o poder de propiciar o equilíbrio, a estabilidade, a perseverança, a tenacidade. Dá uma sensação de frescor e segurança. Na cromoterapia, o verde neutraliza os efeitos do excesso do vermelho, do alaranjado e do amarelo. Por isso, ele é sempre utilizado no final do tratamento à base dessas cores. O verde acalma e descongestiona. A humanidade precisa muito do equilíbrio emocional propiciado pelo verde, daí o seu predomínio na natureza. Sua nota musical é o fá.

Utilização tereapêutica do verde

Na indicação terapêutica, é preciso levar em conta os tons do verde:

Verde claro

baixa a pressão alta sem interferir na pressão normal; atua nos estados febris, baixando a febre; relaxa e acalma através de massagem na coluna.

Verde-folha

ativa o crescimento das crianças; restabelece o equilíbrio hormonal na infância; vitaliza todos os órgãos do sistema digestivo; auxilia a expulsão de cálculos biliares e renais; vitaliza os órgãos do sistema urinário; associado ao vermelho, trata de diabetes; estimula o pâncreas; regula a quantidade de sangue, combatendo o excesso; trata espinhas e eczemas, através de banhos com água verde solarizada.

Efeitos Físicos: O verde é usado em muitas questões de saúde relacionadas ao seu órgão correspondente, o coração, incluindo-se os problemas de pressão. É também bom contra úlceras, para aliviar dores de cabeça e sintomas do resfriado, e ainda para acalmar o sistema nervoso. É largamente recomendado para o tratamento do câncer, um estado de desequilíbrio extremo das células. É útil na drenagem dos tecidos. Finalmente, o verde pode ser usado mais geralmente para purificar e desintoxicar o sangue e reajustar ou reequilibrar o corpo como um todo.

Contra-indicações

Não apresenta nenhuma contra-indicação.

O verde e a psique

O verde traz impressão de frescor, relaxa e acalma. Tem efeito equilibrador sobre a parte mental, emocional e física. As pessoas que dão preferência ao verde gostam de impressionar, de serem notadas, possuem firmeza, perseverança e resistem às mudanças. Sentem necessidade de que os outros as valorizem. Esforçam-se para controlar o próprio destino. São qualificadas como reformadoras, procuram melhor as condições externas da vida. Gostam de que suas opiniões prevaleçam e muitas vezes têm tendência a criticar e censurar os outros. São pessoas controladas, que não se expõem. As pessoas que rejeitam o verde têm as mesmas características e necessidades, mas se sentem enfraquecidas pela resistência encontrada, diminuídas com a falta de consideração dos outros. Revelam tensão e angustia e detonam provável fraqueza física. Preferir ou rejeitar o verde detona que a pessoa é teimosa e caprichosa.

O verde na decoração e nas vestes

A cor verde é ideal para pintar as paredes dos quartos das crianças, pois além de estimular o crescimento, possui intenso efeito regulador das funções hormonais. Como neutraliza o efeito de excesso do vermelho, do alaranjado e do amarelo, deve ser usado nos corredores onde há salas de aulas pintadas de amarelo.

Salas de cirurgia, uniformes de médicos e escolares devem ser verdes, devido ao efeito de equilíbrio, firmeza e controle emocional, útil tanto ao medico cirurgião, como ao paciente e ao aluno. Pessoas que sofrem de pressão alta devem usar lençóis, fronhas e cortinas verdes e decorar seus lares com vasos de folhagem desta cor.

Vestes verdes relaxam e equilibram o sistema nervoso, baixando a pressão alta sem interferir na pressão normal.

 

Azul

Cor suavizante, que traz calma e serenidade, atuando no sistema nervoso central. É a tônica do Logos deste nosso Universo de onde é a cor predominante. É a cor da paz, da devoção, do amor sublimado. Sugere descanso, quietude, reverência. Vitaliza as glândulas tireóide e paratireóides, alem dos órgãos da garganta e do sistema respiratório. É a cor, antes do verde, de maior necessidade para os habitantes de nosso planeta. Sua nota musical é o sol.

Utilização terapêutica do azul

É indicado para o tratamento de: insolação; membros inchados e vermelhos; tumores; tuberculose; bronquite; asma; disfunções da hipófise e da tireóide; distúrbio das amígdalas, faringe, laringe, traquéia, brônquios, bronquíolos e pulmões; problemas com as cordas vocais; insônia; distúrbios físicos e mentais. Exerce um efeito predominante constritor, refrescante, restritivo ou redutor, em contraste com o efeito estimulante e dilatador do vermelho. É muito indicado para acalmar os processos e atenuar as questões do corpo e da mente. Anti-séptico e adstringente; bom no tratamento de qualquer tipo de infecções onde haja febre, inflamação ou aumento de temperatura. Aí de incluem a maioria das doenças infantis, como sarampo e caxumba. O azul é também bom contra espasmos, picadas, coceiras, dores de cabeça, dores menstruais e insônia, além de tratamento de choque. Por fim, pode ser usado em todos os problemas da garganta, aos quais está especialmente relacionado.

Para relaxar e acalmar, também é indicado para:

nervosismo; tensões vasculares. Alem disso, a cor que produz estados de apaziguamento, de ternura, de afeto e de serenidade. É a cor da devoção. Acalma a mente e auxilia a concentração e a meditação. A preferência dada a esta cor pode denotar necessidade de repouso e compreensão amorosa. Quem escolhe o azul ou é muito sereno ou precisa de paz. É uma pessoa que anseia por um mundo justo e íntegro. Pode estar necessitando de descanso físico e mental.

Efeitos Físicos: Agente igualmente importante tanto na prevenção quanto no tratamento. As propriedades do turquesa são semelhantes às do azul. É uma cor também relacionada à garganta, assim como aos pulmões. Assim, atua como antiinflamatório, mas tem o valor adicional de aumentar a imunidade a todo tipo de influências indesejáveis ou danosas, de gripes ou resfriados a HIV e outras sérias condições de imunodeficiência.

O azul na decoração e nas vestes

Os quartos de dormir devem ser pintados de azul, porque esta cor induz à calma e ao relaxamento. As paredes dos salões dos templos também devem ser pintadas de azul, pois esta é a cor da devoção que eleva as vibrações das preces e propicia estados de concentração. Lençóis e fronhas azuis, em todas as tonalidades, auxiliam um sono reparador. Camisolas de dormir e pijamas azuis devem ser usados para favorecer o descanso. Pessoas agitadas, nervosas, sanguíneas, hipertensas, devem usar e abusar do azul, pois esta cor lhe é muito benéfica. Se, em visita a portadores de psicoses ou doenças mentais que induzem a um comportamento agressivo ou agitado, nos vestimos de azul, estaremos sendo uma fonte de vibrações que acalmam e relaxam. Lâmpadas azuis nos abajures das mesinhas de cabeceira combatem a insônia.

 

Índigo

Tal como o azul, o índigo apresenta ação relaxante e calmante. Seu uso é indicado em substituição à cor vermelha, para pessoas que não podem ser expostas a esta cor. É o caso dos recém-nascidos, dos idosos, dos hipertensos, dos psicóticos, das pessoas agitadas e sanguíneas ou em estado febris. É antiinflamatório, anti-hemorrágico e cicatrizante. Representa o contentamento decorrente da realização de altos Ideais. Provoca uma sensação de harmonia e unidade com a natureza. Produz a sensação de eternidade. Diminui a pressão sanguínea, o pulso e os batimentos cardíacos, auxiliando a recuperação do corpo pelos sistemas autoprotetores.

Representa uma necessidade biológica básica; em termos físicos, a tranqüilidade; psicologicamente, a paz e a satisfação que conduzem à felicidade. Sua nota musica é o lá.

Utilização terapêutica do índigo

Deve ser utilizado em substituição à cor vermelha, em todas as suas indicações, por pessoas que não podem ser expostas a esta cor. Além disso, é também indicado para tratamentos: anti-hemorrágico; antiinflamatório; descongestionante e anti-séptico ocular; dores devido a inflamação nos ouvidos; perda de sangue pelo nariz; cicatrizante; eczemas e acnes; vitaliza a hipófise e o cérebro inferior; auxilia o raciocínio. É muito associado ao sistema nervoso, especialmente com órgãos da vista e da audição, que estão intimamente relacionados ao chakra frontal, algumas vezes conhecido como “terceiro olho”. Assim, pode ser usado no tratamento de problemas com os olhos e orelhas, e também do nariz. Pode ser útil contra asma e dispepsia. O índigo também pode produzir insensibilidade à dor e assim pode Ter características anestésicas.

Contra-indicações

Não apresenta contra-indicações.

O índigo e a psique

O índigo é muito semelhante ao azul em relação a aspectos psicológicos e físicos. O índigo representa um estado de espírito que se caracteriza como simpatia de sentimentos. É considerado útil mesmo contra graves doenças mentais, incluindo-se obsessões e psicoses, assim como no trato de dificuldades psíquicas.Representa a ternura, o amor puro e intenso entre jovens e o amor que une a família num sentimento profundo de solidariedade e proteção. Quando se escolhe o índigo, fica evidenciada uma necessidade de descanso e relaxamento, de tranqüilidade emocional. A escolha dessa cor reflete anseio por um ambiente organizado e tranqüilo. Reflete ainda a necessidade de uma relação sem conflitos e desentendimentos. Essa preferência também pode significar que a pessoa é um ser extremamente equilibrado e tranqüilo, de padrões éticos elevados e íntegros. Rejeitar esta cor demonstra insatisfação, ansiedade, porque suas relações profissionais ou emocionais não se acham à altura dos seus elevados padrões. A pessoa que rejeita o índigo se encontra na iminência de romper com sociedades afetivas ou de empresas, por sentir-se impossibilitada de suportar por mais tempo a situação decepcionante. Pode criar mecanismos de compensação, se não puder efetivar os rompimentos desejados, ou assumindo um comportamento apaixonado e volúvel, ou, caso repudie a promiscuidade sexual, lançando-se em aventuras radicais, em que expõe sua vida a constantes riscos, como corridas de automóveis ou canoagem em corredeiras perigosas, etc.

O índigo na decoração e nas vestes

Como esta cor representa a calma total, a sua contemplação favorece práticas de meditação e preces, daí sua excelência na pintura de ambientes onde estas são realizadas. É uma cor ideal para as vestes de pessoas que precisam de serenidade e paz.

Deve se usada por pessoas agitadas, nervosas e hipertensas. Como não produz efeito depressivo, pode também ser usada por pessoas tranqüilas. Os lençóis e roupas de dormir dessa cor favorecem o sono profundo e reparador. Pessoas que precisam de ambientes calmos e repousantes devem usar o índigo na decoração.

 

Violeta

O violeta é a cor que regerá os próximos 2.000 anos. Já entramos em sua regência*. É a cor da transmutação, com efeito, altamente positivo. Queima registros carmicos negativos da aura, purificando-a e desativando miasmas que lhe tenham aderido. É uma cor que só é liberada sob a vigência do Sétimo Raio, pois representa o final de um grande ciclo de 14.000 anos, época em que profunda seleção é feita em relação aos habitantes de nosso planeta. O esperado “final dos tempos” ou “apocalipse” já está em curso, como também a conseqüência separação do joio do trigo.

O violeta aumenta o magnetismo pessoal, age no sistema nervoso simpático, estimula e ativa o metabolismo do cálcio, atua na formação hormonal, regula o desdobramento químico das substâncias e tem acentuado efeito nos líquidos da coluna. É a cor de freqüência mais alta registrada pela nossa visão e por isso de alcance mais profundo nos tecidos. Pode ser usado em casos de contusão, reumatismo, tumores, distúrbios nos rins e bexiga, inflamações cérebro-espinhais e doenças físicas do sistema nervoso. Apresenta a vibração mais alta dos sete raios principais. Sua nota musical é o si.

Utilização terapêutica do violeta

O violeta funciona como: anticancerígeno; antiinflamatório; desinfeccionante; antiestressante; calmante; vitalizador da hipófise; transubstanciador dos miasmas da aura; purificador do ambiente; estimulante e ativador do metabolismo do cálcio, combatendo o raquitismo; beneficiador dos líquidos da coluna vertebral; regulador do sistema nervoso simpático.

Efeitos Físicos: Abastece o corpo físico com energia e vitalidade, especialmente as funções restauradoras do corpo. Prende-nos à vida e nos ajuda a sobreviver. O tratamento com vermelho aquece e a produção de adrenalina. É bom contra a anemia, pressão baixa e perda de vitalidade; dores de cabeça devidas a congestionamentos, intestino preguiçoso, baixa libido; dissipa a letargia, a inércia e o cansaço, assim como gripes e resfriados crônicos. (Por ser tão atuante, o vermelho é a cor mais poderosa de todas e precisa ser usado com parcimônia no processo terapêutico, sendo evitado em casos de pressão alta.) Tem ação expansiva.

Contra-indicações

Não apresenta contra-indicações.

O violeta e a psique

O violeta induz a elevados pensamentos de teor espiritual. As pessoas que o elegem como cor preferida têm anseio de elevar-se. São sensíveis, amorosas e sonhadoras. Anseiam por uma ligação afetiva ideal, quase mágica. Têm profundo senso estético. São pessoas requintadas, finas, gentis. A rejeição ao violeta indica materialismo e praticidade.

O violeta na decoração e nas vestes

O violeta é altamente benéfico, pois através de suas vibrações neutraliza energias negativas. Portanto, vestes dessa cor protegem e isolam o usuário de vibrações indesejáveis. O violeta estimula a alta espiritualidade, sendo por isso recomendado para tapetes e poltronas de ambientes próprios para a prática de meditação.

 

Rosa

O rosa é a cor resultante da vibração do amor. Energiza o sistema nervoso, tonifica e embeleza o semblante. Induz ao romance, às palavras suaves, à delicadeza. Dá sensação de bem-estar e pureza. Estimula a boa vontade e a simpatia. Aproxima os seres.

Utilização terapêutica do rosa

Deve ser usado na aura do paciente antes de se iniciar o tratamento cromoterápico, após o violeta.

O rosa permite:

desintoxicar os centros nervosos; tonificar e vitalizar os nervos; favorecer a circulação de todas as cores através dos canais etéricos do duplo-etérico, por ser a corrente vital dos mesmos.

Contra-indicações

Não apresenta contra-indicações.

O rosa e a psique

Por ser a cor emitida quando estamos sentidos amor, o rosa dota a aura de uma poderosa força atrativa. É a cor preferida das pessoas amorosas e sensíveis. As meninas gostam muito do rosa, que conta, ainda, com a preferência das mulheres muito meigas e femininas. Vemos, então, que é uma cor eminentemente feminina. A rejeição ao rosa revela total falta de romantismo e ternura. É uma cor que induz à conciliação de pontos de vista oposto.

O rosa na decoração e nas vestes

As vestes rosa trazem às mulheres um halo de feminilidade e doçura. É ideal para decorar quartos de meninas e de recém-casados, por ser indutor de carinho e amor.


Branco

A cor Branca é a síntese de todas as cores, a combinação harmoniosa, perfeita, das freqüências coloridas. O Sol Central que gerou e mantém a vida ema nosso Universo emite a luz branca, leitosa, puríssima, surpreendente. Este Sol é a expressão da Vida Uma que associa toda manifestação cósmica, desde a mais grandiosa galáxia ao menor de todos os átomos, desde a vida de um arcanjo ao menor de todos os micróbios, a uma Unidade, em essência indivisa. Não existe porção desse universo, por menor que seja, que não esteja banhada e interpenetrada pela luz desse Sol Central, que leva em si todos os atributos de sua fonte: amor-sabedoria, vontade e atividade inteligente em todas as suas múltiplas expressões. Assim, Deus realiza Sua onisciência e onipresença vinda da luz que é irradia do Sol Central do Universo e do Sol Central de Sua presença em cada ser criado.

Átomo monádico

No coração, precisamente no “nó sinusal”, se encontra o átomo monádico, que é a ligação da nossa essência, o Cristo, com o Espírito e sua manifestação através da personalidade (corpo intelectual- emocional e corpo físico). Esse fato faz o homem levar instintivamente a mão ao peito na altura do coração quando diz: Eu. Assim, sempre que precisarmos de proteção ou quisermos proteção para alguém especial, convém evocar a Luz Branca do Cristo, focalizando o próprio coração, ou o da pessoa a quem desejamos proteger, que este se acende como um sol de luz leitosa, branca, puríssima, a nos envolver em sua poderosa irradiação. Este sol assemelha-se ao Sol Central, de onde promana e é sustentada toda vida criada em nosso Universo.

Utilização terapêutica do branco

O branco é indicado para: energizar todo o corpo de forma poderosa; ser usado após o violeta purificador, para banhos da aura antes de qualquer tratamento cromoterápico.

Contra-indicações

Não apresenta contra-indicações.

O branco e a psique

Por ser a síntese harmoniosa de todas as cores, o branco desperta alegria e pode ser excitante par as pessoas que se encontrem estressadas, daí ter sido substituído, nas salas cirúrgicas, pelo verde, que traz equilíbrio. As pessoas que dão preferência ao branco revelam harmonia emocional e, conseqüente equilíbrio do sistema nervoso. Essa cor proporciona sensação de paz àqueles que se encontram bem harmonizados.

O branco na decoração e nas vestes

Como o branco não oferece resistência à penetração de todas as correntes cromáticas, é a cor eleita tanto pelo paciente de cromoterapia como pelo terapeuta. É uma cor positiva, altamente benéfica. Os ambientes decorados ou pintados de branco trazem sensação de alegria, amplitude e frescor.

 

INDICAÇÕES DE ALGIMAS CORES:

VERMELHO: DEVE SER USADO SOMENTE EM PESSOAS COM BAIXA VITALIDADE.

LARANJA:VITALIDADE,RELAXANTE, DEVE SER USADO COMO OPÇÃO QUANDO NÃO SE PODE USAR O VERMELHO.

AMARELO:MEMORIZAÇÃO,VITALIDADE, NÃO PODE SER USADA EM CASOS DE FEBRE.

VERDE: É A COR MAIS EQUILIBRADA, DEVE SER USADA EM PESSOAS COM PRESSÃO ALTA.

AZUL: RELAXANTE, USADO PARA PESSOAS QUE PRECISAM COMUNICA, EM DEMASIA PODE CAUSAR DEPRESSÃO.

ÍNDIGO: COAGULANTE,ANESTESICO.

VIOLETA: HIGIENIZADOR E BACTERICIDA.

 

ROSA: SEDATIVO, AMOR INTERIOR

Miriam Pipari

E-mail: infoholistico@gmail.com

Whatsapp: 71 8166-6996

Formada em Naturopatia, pela Universidade Internacional de Ensino Livre, Terapeuta Holístico, Pelo Instituto Escola em Terapia Holistica, e Holoterapeuta e Cromoterapeuta pelo Instituto Antonio Vieira.

Profissão Cromoterapeuta, Auriculoterpeuta, Técnicas em Medicina Orientais, Técnica de Psicoterapia, Mestre em Reike, e Personal-trainer de Pilates.

Espaço de Medicina Holística Alternativa, fica situado em Salvador

 

Registro CRTH 0451

Abrath Nacional